INFORMATIVONOSSONEWS . . .

online

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

SÓ O PIG NÃO COMEMORA O BRASIL . . .

Quarta-feira, 07 de setembro de 2011 12:00 am
 HOMENAGEM DO GOOGLE AO NOSSO QUERIDO BRASIL !
HOMENAGEM DO INN . . .  
 
Link do vídeo : http://youtu.be/pXGBrufJR5c 
Enviado por em 12/05/2009
Hino Nacional Brasileiro - (com Legenda)
Homenagem do APOSENTADO INVOCADO
 HOMENAGEM DO BLOG 

 
 http://www.dzai.com.br/blogdadad/blog/blogdaddad?tv_pos_id=90088

Hino Nacional tim-tim por tim-tim




"Só valoriza a primavera quem conhece o inverno", dizem os moradores dos países gelados. "Só valoriza o Hino Nacional quem está fora do país", comentam os patriotas. Na terra dos outros, ver a bandeira verde-amarela hasteada mexe com o coração. Ouvir o hino liquefaz a alma. Aqui muitos torcem o nariz na hora de se pôr em posição de sentido para ouvir ou cantar o símbolo nacional. Por quê?
Muitos atribuem a atitude à dificuldade de compreensão. Escrito em ordem inversa e recheado de palavras difíceis, o texto obriga muitos a fazerem o papel de papagaios — falar sem entender. O blogue lhes dá um socorro. Põe os versos em ordem direta e traduz as palavras menos comuns. Em suma: explica a obra tim-tim por tim-tim.

Hino Nacional
Letra: Osório Duque Estrada
Música: Francisco Manoel da Silva
Ouviram do Ipiranga as margens plácidas
De um povo heroico o brado retumbante,
E o sol da liberdade, em raios fúlgidos,
Brilhou no céu da Pátria nesse instante.
(As margens plácidas (tranquilas, serenas) do Ipiranga ouviram
o brado (grito) retumbante (estrondoso) de um povo heroico.
E o sol da liberdade, em raios fúlgidos (cintilantes),
brilhou no céu da Pátria nesse instante.)

***

Se o penhor dessa igualdade
Conseguimos conquistar com braço forte,
Em teu seio, ó Liberdade,
Desafia o nosso peito a própria morte!
(Se conseguimos conquistar o penhor (garantia)
Dessa igualdade com braço forte,
o nosso peito desafia até a morte em teu seio,
Ó Liberdade.)
***
Ó Pátria amada,
Idolatrada (adorada, venerada)
Salve! Salve!

***

Brasil, um sonho intenso, um raio vívido
De amor e de esperança à terra desce,
Se em teu formoso céu, risonho e límpido,
A imagem do Cruzeiro resplandece.
(Brasil, um sonho intenso, um raio vívido (intenso, vivo) de amor
e de esperança desce à terra se em teu formoso (belo) céu,
risonho e límpido, (transparente) a imagem do Cruzeiro
(constelação do Cruzeiro do Sul) resplandece (brilha).

***

Gigante pela própria natureza,
És belo, és forte, impávido colosso,
E o teu futuro espelha essa grandeza,
terra adorada,
Entre outras mil,
És tu, Brasil,
Ó Pátria amada!
Dos filhos deste solo és mãe gentil,
Pátria amada,
Brasil!
(Gigante pela própria natureza, és belo, és forte,
impávido (destemido, corajoso) colosso (gigante).
E o teu futuro espelha (reflete) essa grandeza.
Terra adorada
Entre outras mil,
És tu, Brasil,
Ó Pátria Amada!
És mãe gentil (amável) dos filhos deste solo,
Pátria Amada,
Brasil!)

***

Deitado eternamente em berço esplêndido
Ao som do mar e à luz do céu profundo,
Fulguras, ó Brasil, florão da América,
Iluminado ao sol do Novo Mundo!
(Ó Brasil, florão (abóbada, cúpula) da América, (tu) fulguras
(brilhas) iluminado ao sol do Novo Mundo, deitado eternamente
em berço esplêndido, ao som do mar e à luz do céu profundo.)

***

Do que a terra mais garrida
teus risonhos, lindos campos têm mais flores;
"Nossos bosques têm mais vida",
"Nossa vida" no teu seio "mais amores".
(Teus campos risonhos e lindos têm mais flores,
nossos bosques têm mais vida,
nossa vida no teu seio (tem) mais amores
do que a terra mais garrida (enfeitada, graciosa).

***

Ó Pátria amada,
Idolatrada,
Salve! Salve!
Brasil de amor eterno seja símbolo
O lábaro que ostentas estrelado,
E diga o verde-louro desta flâmula:
- Paz no futuro e glória no passado.
(O lábaro (bandeira) que ostentas (exibe) estrelado
seja símbolo de amor eterno. E o verde-louro desta
flâmula (bandeira) diga: paz no futuro e glória no
passado.)

***

Mas, se ergues da justiça a clava forte,
verás que um filho teu não foge à luta,
nem teme, quem te adora, a própria morte.
(Mas, se a clava (bastão usado como arma)
Forte da justiça (tu) ergues,
verás que um filho teu não foge à luta, nem teme a
Própria morte quem te adora.)

***

Terra adorada,
Entre outras mil,
És tu, Brasil,
Ó Pátria amada!
Dos filhos deste solo és mãe gentil,
Pátria amada,
Brasil!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ARCOIRIS EFEITO

2leep.com

QUAL É A SUA ?

QUAL É A SUA ?
TESTE JÁ ! CLIQUE NA IMAGEM . . .

VISITE O SITE DOS MANOS

VISITE O SITE DOS MANOS
12 anos com a garantia dos manos !

NewsShow Google . . .

MUITO GRATO POR SUA VISITA . . .

IP

BYE BYE 2011 . . .

PORTUGUESE DICTIONARY
Dicio: dicionário de português